Início
Boas-Vindas
Identidade
Textos Inspiradores
Organização Geral
Plano de Atividades
Departamentos
Educação Especial
Gab. de Serviço Social
Gab. Psicopedagógico
Biblioteca Geral
Pastoral
Blog Eco-Escola INA
Exames Nacionais 2019
Manuais Escol. 2019/20
SPC - Proteção e Cuidado
Notícias
Todas as notícias
Atalhos Úteis
Contacto Geral
Outros Contactos
Ligações
Pesquisar
Ajuda

Início Todas as notícias INA vence concurso “O MEU PROJETO É EMPREENDEDOR”

INA vence concurso “O MEU PROJETO É EMPREENDEDOR” PDF Versão para impressão

INA vence concurso “O MEU PROJETO É EMPREENDEDOR”

projeto empreendedor foto1

Um sistema automatizado que atua com o objetivo de poupar água e eletricidade é o grande vencedor da quarta edição do concurso “O Meu Projeto é Empreendedor”, dirigido aos alunos finalistas do ensino profissional em Vila Nova de Famalicão. A ideia foi desenvolvida por Luís Azevedo e Dmytro Goncharuk, do Instituto Nun’Alvres, e destacou-se entre dez projetos selecionados de um total de 33 Provas de Aptidão Profissional que este ano se apresentaram a esta iniciativa, promovida pela Rede Famalicão Empreende.

Luís Azevedo e Dmytro Goncharuk criaram um sistema automatizado que alerta para consumos excessivos de água e eletricidade e deteta ainda fugas de água e gás, ao qual deram o nome de Save Energy. “É um sistema inovador porque conjuga estes três módulos. Este prémio vem reconhecer o nosso trabalho e proporcionou-nos uma aprendizagem muito grande que queremos aprofundar”, disseram no final da sessão que deu a conhecer as três propostas vencedoras do concurso. Ambos terminaram o Curso Profissional de Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores, em julho de 2015 e pensam ingressar no ensino superior.

Em segundo lugar ficou o projeto de Tânia Faíscas, do Externato Infante D. Henrique, que criou um sistema de produção de queijos de diferentes sabores e transformação de azeite em pó. E em terceiro o projeto de José Almeida, da Didáxis de Riba de Ave, designado Solar Hydroponic System, que consiste num sistema simples e prático para cultivo de frutos e vegetais.

Todos exibem características inovadoras e preenchem necessidades reais do mercado, pelo que têm potencial de serem desenvolvidos por empresas da região, tal como sucedeu com o projeto vencedor da edição do ano passado – um kit pedagógico para produção de queijo – cuja autora, Soraia Araújo, já integra os quadros da Senras Dairy.

Os vencedores desta edição foram conhecidos na passada sexta-feira, 23 de outubro, numa sessão que, para além da comunidade educativa ligada ao ensino profissional, contou com as presenças do vereador da Educação e do Empreendedorismo, Leonel Rocha, do Diretor do Centro de Emprego do Baixo Ave, Domingos Sousa, e dos representantes das três entidades patrocinadoras: a Continental Mabor, a CEVE – Cooperativa Eléctrica do Vale d’Este e a ACIF – Associação Comercial e Industrial de Famalicão.

Leonel Rocha felicitou todos os alunos envolvidos nesta edição e assinalou que este concurso é “inspirador do empreendedorismo” e “um palco único onde os alunos do ensino profissional mostram o que valem”. E acrescentou: “É importante para quem desenvolve projetos empreendedores dar a conhecer as suas ideias. Significa que não tem medo de arriscar e que conseguirá vencer”.

Os três primeiros classificados receberam 1.000, 500 e 250 euros atribuídos, respetivamente, pela Continental Mabor, CEVE e ACIF. Pela primeira vez o concurso alargou para três o número de entidades patrocinadoras. As estreantes Continental Mabor e CEVE disseram estar disponíveis para continuar a colaborar com a Câmara Municipal neste processo de promoção do empreendedorismo porque, vincaram, “é importante que os alunos sintam que são importantes para as empresas”.

 in site da Câmara Municipal de Famalicão

imageimageimage

Actualizado em Sábado, 31 Outubro 2015 23:32
 
 
 
©2019 INA - Instituto Nun'Alvres. Todos os direitos reservados.